Força Tática desativa fábrica clandestina de armas de fogo

Empreendimento ilícito era localizado no município de Santana, a 17 km de Macapá.
Compartilhamentos

Por OLHO DE BOTO

A Polícia Militar descobriu e fechou uma fábrica clandestina de armas de fogo, que pode já ter municiado diversos criminosos no município de Santana, local da ação policial, a 17 km de Macapá. O fabricante, um mecânico de 56 anos, foi preso.

No local foram encontradas espingardas de calibres variados, já montadas e prontas para entrega. De acordo com o tenente Gilson, do Batalhão de Força Tática (BFT), ele e sua equipe patrulhavam no município quando receberam uma denúncia de que atrás da residência do acusado estavam sendo fabricadas armamentos caseiras e comércio ilegal de armas e munições.

A ação policial teve apoio de militares do 4º Batalhão de Santana. Os policiais encontraram armas de diversos calibres, de canos longo (maior precisão) e curtos (calibres 22 e 36). Também foram apreendidos materiais que seriam utilizados na fabricação de outras armas como canos, coronhas, estojos de munições, entre outros produtos.

A polícia também apreendeu um caderno de controle da fabricação e da venda de armas.

“Ele disse que apesar de estar ciente da pratica ilícita, é o meio que ele acha para sobreviver e que precisa porque sofre de Diabetes. O problema é que sabe-se lá para quem e quantas armas ele já vendeu e colocou na mão de criminosos perigosos. Então foi importante tirar ele de circulação e fechar o negócio ilícito”, avaliou o tenente.

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.
error: Conteúdo Protegido!!