União política inédita resulta no maior investimento já feito em segurança no AP

Viaturas, armamento e o anúncio de 15 obras estão dentro do pacote anunciado. Recursos foram obtidos através de articulação com a União, GEA e bancada federal
Compartilhamentos

Por RODRIGO ÍNDIO

O Governo do Estado do Amapá (GEA) apresentou nesta segunda-feira (29) parte do investimento de R$ 126,2 milhões que está sendo aplicado em infraestrutura, logística e Tecnologia da Informação (TI) para a área da segurança pública. Veículos e armas estão entre os materiais adquiridos – oriundos de articulação política do executivo estadual, presidência do Senado e bancada federal junto à União.

Foram entregues, em cerimônia realizada no anfiteatro da Fortaleza de São José de Macapá, 65 viaturas, 250 pistolas ponto 40 e ordens de serviço para 15 obras que vão fortalecer o Sistema de Defesa Social do Estado. Mais 37 viaturas devem ser entregues em uma próxima etapa.

Novas viaturas foram apresentadas na Fortaleza de São José. Fotos: Rodrigo Índio/SN

“Além de 102 novas viaturas, são 16 obras que vão desde uma nova penitenciária, novas delegacias, novos quarteis e novos ciosp’s. Dessas, 15 estão tendo ordens de serviço entregues, somente uma ficará para um outro momento que é a penitenciária que terá um investimento de mais de R$ 40 milhões. Todas as outras estão com os projetos prontos, dinheiro captado, licitação feita e empresas mobilizadas para começar a gerar emprego e renda”, disse o governador do Amapá, Waldez Góes (PDT).

Governador Waldez Góes: construção de novo presídio, em segundo momento, terá mais R$ 40 milhões em investimentos

 

Presidente do Senado, Davi Alcolumbre: união da bancada do AP trouxe investimentos

As aquisições e contratações de serviços apresentadas na solenidade são o resultado da aplicação de R$ 50 milhões de emendas, alocadas pela bancada federal amapaense (deputados e senadores). É a primeira vez que uma gestão conseguiu unir recursos de bancada para o setor.

Senador Lucas Barreto: articulação com o ministro Sérgio Moro (Justiça)

Waldez destacou ainda que o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM), e o senador Lucas Barreto (PTB) tiveram papel decisivo na liberação das emendas. Barreto tratou da liberação pessoalmente com o ministro da Justiça, Sérgio Moro, principalmente, para superar as barreiras do contingenciamento impostas pelo governo federal.

“Esse sonho só foi possível devido a união de nossa bancada. Nossos parlamentares unidos, dessa gestão, da gestão passada e equipe de Waldez, deram as mãos entorno desta causa que é a segurança pública. Continuaremos trabalhando para melhorar o fortalecimento e ter um Amapá melhor”, comentou o presidente do Senado Federal, Davi Alcolumbre.

Cerimônia ocorreu no entorno da Fortaleza de São José

Já Lucas, destacou o empenho do Coronel Carlos Souza e do apoio de Davi. Para ele sem o apoio da presidência do Senado não seria possível liberar uma emenda que não era impositiva e que foi aprovada agora.

“Conseguimos avançar primeiro com a liberação de R$ 5 milhões, depois para equipamentos, liberação de recursos para compra dos carros e também tive notícia ontem que o senador Davi conseguiu a liberação do terreno para a construção da penitenciária. É a primeira vez que um estado recebe emenda de tal porte (…), apoio o presidente Bolsonaro e nos próximos dois anos nós conseguiremos trazer muito mais recursos”, garantiu Lucas Barreto.

Parlamentares do AP, senador Randolfe Rodrigues e deputada Marcivânia Flexa ajudaram no investimento conjunto da bancada

Além da emenda de bancada e do Ministério da Justiça, contribuíram para investimentos na segurança pública, com emendas individuais, os deputados Vinícius Gurgel (PL), Professora Marcivânia (PCdoB), André Abdon (PL), senador Randolfe Rodrigues (REDE) e os ex-deputados federais Roberto Góes (PDT), Janete Capiberibe (PSB), Fátima Pelaes (MDB), Caubçu Borges (MDB) e Dalva Figueiredo (PT). 

Investimento é o maior em segurança da história do Amapá

Os 65 veículos serão distribuídos entre as polícias Militar (PM), Civil, Técnico-Científica (Politec) e a Inteligência da Secretaria de Estado da Justiça e Segurança Pública (Sejusp). São 42 utilitários esportivos (SUVs) para a PM, um caminhão tanque e três SUVs para a Sejusp, quatro picapes para a Politec e 15 SUVs para a Civil.

Confira, abaixo as 15 obras que estão previstas no pacote de investimentos.

 

Em Macapá

Na zona norte: um quartel de CBM, UPC da Polícia Militar e o Ciosp no Macapaba.

Na zona leste: o quartel do 6° BPM no Perpétuo Socorro.

Na zona sul: quartel do 1° BPM dentro do conjunto São José.

Na fazendinha: Pier da segurança pública, quartel marítimo do CBM e batalhão ambiental.

Na zona oeste: Um complexo de segurança composto por ciosp, quartel do CBM e um novo batalhão da Polícia Militar.

 

Município de Santana

Politec;

4° BPM;

Um Ciosp;

Unidade da Delegacia Especializada em Investigação de Atos Infracionais (Deiai).

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.
error: Conteúdo Protegido!!