Cliente justiceiro reage e acerta assaltante em mercearia de Macapá

A ação criminosa frustrada ocorreu na noite de segunda-feira (5), no bairro Universidade, na Zona Sul de Macapá.
Compartilhamentos

Por OLHO DE BOTO

Um assaltante armado com uma pistola calibre ponto 40, carregada, foi atingido com dois tiros quando tentava roubar um estabelecimento comercial na noite desta segunda-feira (5), por volta das 22h30, na rua Amadeu Gama, no bairro Universidade, região sul de Macapá. A ação criminosa foi frustrada por um cliente que estava no local e reagiu.

Assaltante baleado estava com uma pistola carregada com várias munições. Fotos: Olho de Boto/SN

De acordo com o sargento Roberto Círio, do 1º Batalhão, Felipe da Silva Palheta, de 27 anos, o “Bico”, na companhia de um comparsa conhecido apenas como “Fofo”, foi surpreendido pelo cliente que, também estava armado e disparou duas vezes contra os criminosos.

Quando a Polícia Militar chegou ao local, o atirador desconhecido já havia ido embora. Porém, o assaltante ferido estava caído, dentro do comércio, pedindo socorro.

Felipe da Silva Palheta, o Bico, chega ao HE, socorrido pelo Samu

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e socorreu Bico. Ele foi levado ao Hospital de Emergência, no Centro de Macapá, onde passou por procedimentos cirúrgicos de munições alojadas. O criminoso permanece internado, em estado estável.

Os tiros acertaram a região das costas. Bico já tem antecedentes pelo mesmo tipo de crime, pelo qual esteve preso no Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen). Agora, deverá responder por tentativa de roubo e porte ilegal de arma de fogo.

“Segundo as informações que nós apuramos, o Bico e o Fofo se conheceram dentro do Iapen e de lá nasceu essa amizade do crime. Mas não esperaram que um cliente armado estivesse no local e se deram mal”, relatou o sargento Roberto Círio.

Sargento Roberto Círio mostra a pistola ponto 40 que estava com o assaltante baleado: “não esperavam que um cliente armado estivesse no local e se deram mal”

A arma e munições apreendidas com Bico, foram apresentadas no Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) do Bairro Pacoval.

A Polícia Civil assumiu o caso e agora segue em buscas de provas que possam identificar e localizar o atirador, assim como o segundo suspeito, conhecido como “Fofo”, que fugiu quando cliente justiceiro começou a disparar.

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.
error: Conteúdo Protegido!!