No Amapá, pais e alunos podem acessar notas e frequência escolar pelo celular

Desenvolvida pelo Governo do Amapá, nova ferramenta foi lançada pela Seed na segunda-feira (19), em Macapá. O objetivo é informar pais sobre o desempenho dos alunos.
Compartilhamentos

Da REDAÇÃO

Pais e estudantes da rede pública estadual do Amapá já podem acessar notas, frequências através de smartphones.

As informações estão disponíveis no aplicativo SigEduc Estudante/Familiar, que foi apresentado pela Secretaria de Estado da Educação (Seed) nesta segunda-feira (19), no Centro de Educação Profissional Walkíria Lima, no centro de Macapá.

O aplicativo é gratuito e está disponível para Android, na Play Store. A proposta é criar mais um canal de comunicação com o estudante e a família, deixando-os informados sobre o desempenho do aluno na sala de aula.

Para acessar o aplicativo, o estudante deve se cadastrar no portal www.sigeduc.ap.gov.br. O login de usuário e senha criado no cadastro pode ser usado, tanto no portal, como no aplicativo.

Serviços como Minha Turma, Minhas Frequências, Meu Boletim, Portal da Educação, Escola Digital e Plataforma Mec Red podem ser acessados na barra de menu do aplicativo.

Em “Minhas Frequências”, por exemplo, o estudante pode acompanhar a frequência por disciplina. No calendário, escolhendo o mês, o estudante tem os dias frequentados destacados pela cor verde ou faltas na cor vermelha. Em caso de interrupções das aulas, será destacado esse dia na cor azul.

Para a secretária de Estado da Educação, Goreth Sousa, esta inovação permite que os professores e alunos da rede estadual tenham acesso ao SigEduc, através de vários canais: pela interface web, utilizando um navegador e pelo navegador do seu smartphone ou tablete.

“Essa tecnologia só era presente em escolas particulares. Hoje, os nossos estudantes e seus familiares também podem contar com esse serviço. Trabalhamos para que a escola pública do Amapá seja inovadora e interligada nas novas tecnologias”, falou a secretária.

A nova ferramenta foi desenvolvida pelo Núcleo de Tecnologia (NTE) da Seed e Centro de Gestão da Tecnologia da Informação (Prodap).

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.
error: Conteúdo Protegido!!