Policial militar do Amapá é investigado por estupro

Caso é investigado pela Delegacia de Crimes Contra a Mulher. O estupro teria ocorrido na madrugada do último dia 11, no bairro Brasil Novo, zona norte de Macapá.
Compartilhamentos

Por SELES NAFES

Um policial militar do Amapá está sendo investigado pela Polícia Civil pelo crime de estupro. O nome do acusado e os detalhes do crime estão sendo mantidos em sigilo e o comando da PM acompanha o caso.

O Portal SN apurou que o suposto estupro ocorreu na madrugada do último dia 11, no bairro Brasil Novo, Zona Norte de Macapá. A vítima tem 31 anos e relatou que foi forçada a manter relações com o policial sob a mira de uma arma.

Ela procurou a Delegacia de Crimes Contra a Mulher (DECCM) levando uma pistola ponto 40 que pertence à corporação militar, e teria sido usada pelo policial para ameaçá-la. Na ocorrência, informou que pegou a arma quando o policial foi tomar banho após o estupro. O agressor seria um membro da família dela.

O militar foi chamado para depor e negou o crime. Mesmo assim, segundo a Diretoria de Comunicação da PM, ele foi afastado das funções até a conclusão do inquérito.

“A Polícia Militar do Amapá reitera que é contra todo e qualquer tipo de violência contra a mulher. A PM do Amapá enfatiza que, em investigações de crimes de estupro, é imprescindível o sigilo das informações para evitar o constrangimento da suposta vítima”, informou a corporação.

A PM alega que “não coaduna com a prática de acusar alguém publicamente por um crime sem a devida responsabilidade e a garantia dos direitos de ampla defesa e contraditório”.

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.
error: Conteúdo Protegido!!