Projeto prevê isenção de imposto de renda a portadores de fibromialgia

Proposta do senador Lucas Barreto foi aprovada pela Comissão de Assuntos Sociais
Compartilhamentos

Por SELES NAFES

A Comissão de Assuntos Sociais do Senado aprovou, nesta quarta-feira (28), parecer sobre o projeto de lei do senador Lucas Barreto (PSD-AP) que concede aos portadores de fibromialgia a isenção do imposto de renda. O projeto agora segue para a Comissão de Assuntos Econômicos.

A fibromialgia é uma síndrome que provoca dores crônicas em vários pontos do corpo. Em alguns pacientes, as dores são generalizadas.

No projeto, Lucas Barreto justificou a medida afirmando que os portadores encontram dificuldades para ter o diagnóstico, e especialmente para conseguir o tratamento pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

O relator foi o senador Flávio Arns (Rede-PR), que chegou a conversar com portadores da doença antes de escrever seu relatório.

Relator conversou com pessoas portadoras da síndrome

“Eu quero dar o depoimento de uma pedagoga de Curitiba que falou com a gente. Ela dizendo que se estivesse numa cidade menor se suicidaria em função da dor que é imensa e da dificuldade que é imensa”, comentou o relator.

O presidente da comissão, o senador Romário (PODE-RJ), colocou o parecer em votação, obtendo aprovação por unanimidade.

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.
error: Conteúdo Protegido!!