Davi declara ser contra nova CPMF

Senador recordou que trabalhou contra a prorrogação da CPMF em 2007, na Câmara dos Deputados
Compartilhamentos

Da REDAÇÃO

A recriação de um imposto similar à antiga Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) não contará com o apoio do presidente do Senado Federal, Davi Alcolumbre (DEM). O senador do Amapá deu declaração, nesta quarta-feira (11), contrária a novos impostos.

“Na minha biografia política, eu sempre trabalhei contrário à criação de impostos na vida das pessoas. Os brasileiros já pagam muitos impostos e encargos, e eles não aguentam mais”, disse Alcolumbre.

A equipe econômica do governo federal confirmou esta semana que pretende criar o novo imposto. O parlamentar recordou que votou contra a prorrogação da CPMF, quando a proposta foi analisada pela Câmara dos Deputados, em 2007.

“Quando fui deputado federal votei contra a CPMF, nós conseguimos tirar essa contribuição da vida dos brasileiros. Da minha parte quero reafirmar a minha posição: sou contrário à criação de mais um imposto na vida das pessoas. Quando ela existia eu lutei pra acabar com ela”, finalizou o presidente do Senado.

Foto de capa: assessoria de imprensa do Senado Federal

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.
error: Conteúdo Protegido!!