Jovem é morto a tiros após ser atraído por ligação à emboscada

Pedro Eduardo Lopes Palheta era recém-chegado de Oiapoque e estava morando em um apartamento do residencial
Compartilhamentos

Por OLHO DE BOTO

Um jovem de 22 anos foi morto a tiros no início da tarde desta quarta-feira (18), na área externa do Conjunto Habitacional Açucena, na zona sul de Macapá. Pedro Eduardo Lopes Palheta, conhecido como “Castor”, foi atingido com tiros na cabeça.

Segundo testemunhas, a vítima teria recebido uma ligação telefônica e ido ao encontro dos criminosos que tiraram sua vida. Os autores do crime são dois homens que fugiram pela mata, que fica nas proximidades do residencial. 

óbito é confirmado por equipe do Samu. Fotos: Olho de Boto/SN

A suspeita é de execução por acerto de contas. Castor havia chegado recentemente do município de Oiapoque, no norte do Estado, e estava morando em um apartamento do residencial.

Polícia isolou a cena do crime

As polícias Civil e Militar estão fazendo buscas na região e, até o momento, os criminosos não foram identificados. O delegado Luiz Carlos, da Delegacia Especializada em Crimes contra a Pessoa (Decipe) está no local apurando os fatos.

“Suspeitamos que armaram uma casinha para ele, estava sofrendo ameaças de morte e foi chamado para cá. Foi executado pelas costas, sem chance de defesa, com tiro na cabeça. O celular foi subtraído, mas o objetivo não era roubá-lo, mas acertar contas. Suspeitamos que os mandantes estão no Iapen”, disse o delegado.

Delegado Luiz Carlos (Decipe): suspeita de acerto de contas

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.
error: Conteúdo Protegido!!