Namorada e cúmplice: adolescente simulou ser refém, diz PM

Adolescente foi encaminhada à Delegacia Especializada em Investigação de Atos Infracionais
Compartilhamentos

Da REDAÇÃO

Após cerca de 2h de negociação e a rendição do criminoso que, supostamente, fazia uma jovem refém no Residencial Jardim Açucena, na zona sul de Macapá, a Polícia Militar confirmou que a adolescente que era mantida sob a mira do assaltante, na verdade era cúmplice dos bandidos.

Após a jovem ser solta, foi confirmado que ela era namorada do infrator. Após revista, foi encontrado dentro de sua parte íntima o pacote de dinheiro obtido no roubo. Em seguida, a comparsa foi encaminhada à Delegacia Especializada em Investigação de Atos  Infracionais (Deiai).

Jailson Gomes Cardoso se entregou após 2h de negociação. Foto: Rodrigo Índio/SN

A crise no residencial se instalou em um dos blocos na tarde de quarta-feira (18). Jailson Gomes Cardoso, de 22 anos, e José Melo de Souza, de 20 anos, eram procurados pelo Batalhão de Força Tática da PM, após terem roubado uma quantia não revelada de um dentista, em uma agência bancária, no Centro de Macapá. 

Assaltantes se escondiam no residencial após assalto no Centro de Macapá. Foto: Rodrigo Índio/SN

Denúncias anônimas à PM informaram que a dupla estava em um apartamento do Açucena, contando e distribuindo o dinheiro entre os envolvidos. Ao chegar no local, os militares se depararam com Jailson Gomes que colocou a adolescente, aparentemente, como refém. O comparsa, José Melo de Souza, foi preso de imediato, antes do começo da crise.

A negociação para a rendição do assaltante foi conduzida pelo Batalhão de Operações Especiais (Bope).

Foto de capa: reprodução

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.
error: Conteúdo Protegido!!