Amapaenses têm maior despesa mensal do Norte e Nordeste, afirma IBGE

Segundo o estudo, no Amapá a alimentação é o segundo maior gasto das famílias, ficando apenas atrás da habitação.
Compartilhamentos

Por MARCO ANTÔNIO P. COSTA

A despesa média mensal de uma família amapaense é de R$ 4.451,32, a maior entre os estados das regiões Norte e Nordeste, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Os dados, referentes aos anos de 2017 e 2018, são da Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF), divulgada na sexta-feira (4) em todo o Brasil. No estado do Pará, por exemplo, essa despesa fica em R$ 3124,69 e no Amazonas em R$ 3878,14.

Além de norte e nordeste, o Amapá tem despesas superiores a estados do sudeste como Minas Gerais e Espírito Santo, só ficando atrás de Rio de Janeiro, São Paulo e os estados do centro oeste e do sul do país.

Joel Lima: “a alimentação segue sendo o segundo maior gasto de todos os amapaenses”. Fotos: Marco Antônio P. Costa e Arquivo SN

Já a renda média das famílias amapaenses é de R$ 4.676,61, cerca de R$ 225,00 a mais do que o valor das despesas. Entretanto, todos estes valores são calculados pela média, ou seja, levando-se em consideração todas as faixas de rendimento e de consumo.

Endividadas

Quando a pesquisa aborda apenas as famílias amapaenses que ganham até dois salários mínimos (R$ 1.996,00), a desigualdade social e a dificuldade das famílias mais pobres são confirmadas pelos números.

A despesa de uma família dessas é de R$ 1.996,69, enquanto que a renda média dessa faixa da população é de R$ 1.334,72, ou seja, gastam ou tem despesa de R$ 661,97 a mais do que ganham. Esse número é o que os especialistas chamam de endividamento das famílias.

Perfil do consumo

Tanto em nível nacional, como no estado, os maiores gastos da família são com habitação, alimentação e transportes.

Pela primeira vez na história do país, a família brasileira gasta mais com transportes do que com alimentação. Entretanto, isso não se repete no Amapá, onde a alimentação é o segundo maior gasto das famílias, ficando apenas atrás da habitação.

Despesa familiar mensal do amapaense é de R$ 4.451,32

Essa nuance do Amapá em relação à tendência nacional, pode ser explicada pelas diferenças regionais e até culturais em relação aos grandes centros, conforme explica o supervisor de Disseminação de Informações do IBGE, Joel Lima da Silva.

“A diferença pode ser explicada por alguns motivos. O Amapá tem um dos combustíveis mais baratos do país; aqui pouco gastamos com estacionamento; quase ninguém tem o costume, por exemplo, de ter seguro nos carros, o que é algo muito comum em outros estados. Por isso que, aqui, a alimentação segue sendo o segundo maior gasto de todos os amapaenses”, afirmou Joel Lima.

A pesquisa também demonstra que nas faixas de renda mais baixa, tanto nacionais como no Amapá, o gasto com alimentação é maior, enquanto que nas faixas de renda maiores, o gasto de transportes já ultrapassa o do alimentação.

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.
error: Conteúdo Protegido!!