“Cortes vão transformar Hospital Universitário em UBS”, diz Randolfe

Especialidades como cardiologia, obstetrícia e atendimentos neonatais seriam retirados das atribuições do hospital, que está em obras
Compartilhamentos

Da REDAÇÃO

Retirar diversas especialidades do Hospital Universitário do Amapá para transformá-lo em uma grande Unidade Básica de Saúde, seria o que na prática estaria fazendo a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh). A denúncia foi feita nesta terça-feira (8), pelo senador Randolfe Rodrigues (REDE). Assista: 

Segundo o parlamentar, a Ebserh, que administrará o hospital, informou por meio de ofício que estaria retirando as seguintes especialidades da unidade: cardiologia cirúrgica e intervencionista, obstetrícia e cuidados neonatais, centro de tratamento de pacientes com doenças renais crônicas, cirurgia endovascular e cerebral endovascular.  

Para reverter a situação, o senador marcou audiência para esta quarta-feira (9), na sede da Ebserh, com representantes da Universidade Federal do Amapá (Unifap) e a bancada do Estado.

“É um absurdo a tentativa de transformar um Hospital – sonho de milhares de amapaenses – que contempla diversas especialidades, em uma grande UBS”, criticou Randolfe.

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.
error: Conteúdo Protegido!!