Residenciais de Macapá sofrem com homicídios em série

Nos últimos 10 dias, 4 execuções ocorreram nos conjuntos habitacionais. Onda de homicídios em residenciais de Macapá é resultado de guerra entre facções, diz a PM
Compartilhamentos

Por OLHO DE BOTO

Em menos de 10 dias pelo menos quatro homicídios com características de execução foram registrados dentro de conjuntos habitacionais localizados na zona sul de Macapá.

O mais recente aconteceu no último domingo (6), no Conjunto Residencial Mucajá, no bairro do Beirol, onde um jovem de 19 anos buscou abrigo em um dos apartamentos após fugir do Centro Sócio Educativo de Internação (Cesein).

Policial se preparando para isolar cena de mais um homicídio em residencial: violência domina esses locais. Fotos: Olho de Boto/SN

De acordo com o porta-voz da Polícia Militar, tenente Josiagab Oliveira, o trabalho preventivo, com patrulhamento, rondas e abordagens, é realizado com frequência em todos os residenciais. Contudo, como os crimes são planejados por integrantes de facções criminosas rivais, motivados por acertos de contas, é difícil prever quando irão agir.

“No nosso trabalho preventivo em residenciais temos tido resultados, como apreensões de armas de fogo, drogas, recapturas de foragidos, mas no caso específico desses homicídios é difícil se antecipar porque as vítimas, já marcadas para morrer, vão se esconder nesses residenciais, como foi o caso do infrator que fugiu do Cesein e se escondeu em um apartamento no Mucajá, sendo morto lá dentro”, exemplificou o oficial.

Porta-voz da PM, tenente Josiagab: “é difícil se antecipar porque as vítimas, já marcadas para morrer, vão se esconder nesses residenciais”

Segundo o tenente, para combater esse tipo de guerra, as polícias Civil e Militar necessitam do apoio da comunidade, informando ao 190 toda e qualquer movimentação estranha nos residenciais.

“A identidade do denunciante será mantida em sigilo”, garante o porta-voz da PM.

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.
error: Conteúdo Protegido!!