Sobre dinheiro e a vida

Para cronista, ter uma vida dedicada ao dinheiro é uma forma de “pobreza”
Compartilhamentos

Por GESIEL OLIVEIRA, geógrafo, oficial de justiça e pastor

A questão não é o dinheiro, mas a forma como você se relaciona com ele. A Bíblia não diz que “o dinheiro é a raiz de todos os males”, mas sim que “o amor a ele”.

1 Tm 6.10: “Porquanto, o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males; e por causa dessa cobiça, alguns se desviaram da fé e se atormentaram em meio a muitos sofrimentos”.

Com o dinheiro você pode comprar uma casa, mas não um lar. Você pode comprar uma cama, mas não o sono. Você pode comprar um livro, mas não a sabedoria. Você pode comprar o remédio, mas não a saúde. Você pode comprar bens, mas não a felicidade.

O dinheiro pode comprar tudo, menos a entrada para o céu. Nunca esqueça que somos apenas mordomos de algo que não nos pertence. Deus é quem dá e quem tira. E tudo vai depender da forma como estamos administrando o que Ele nos tem dado. No final das contas, vamos compreender que o que valeu a pena não era o quanto tínhamos no bolso, e sim, o quanto tínhamos no coração.

Tempo, dinheiro e família são uma equação que para muitos parece difícil, mas não passa de uma simples “regra de três” que tem como resultado a prioridade. Saber equacionar esses elementos é o nosso desafio.

A experiência nos ensina que a vida bem vivida não é aquela orientada pela aparência, dinheiro, aquisições, status social ou nível intelectual, mas pela busca da paz interior nos pequenos detalhes. Ter uma vida dedicada ao dinheiro é uma forma de “pobreza”.

A vida tem uma riqueza maior que só Jesus pode revelar. Não se deixe dominar pela “síndrome da futilidade capitalista” da vida moderna: comprar o que não precisa, com dinheiro que não tem, pra mostrar pra quem não te gosta.

Quando você descobrir que o dinheiro não é tudo, que o tempo e a vida não esperam e que os sonhos não vêm até nós, você vai passar a olhar sua vida com outros olhos. 

Quer saber o segredo da felicidade? escolha fazer o que te deixa feliz e não só o que lhe traz dinheiro. O importante não é ter cada dia mais dinheiro e sim saber como melhor utilizá-lo em benefício seu, de sua família e em favor do teu próximo. Que Deus te abençoe sempre!

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.
error: Conteúdo Protegido!!