Reviravolta: Hospital Universitário do Amapá voltará ao projeto original

Empresa que administrará hospital chegou a apresentar projeto que previa redução de leitos e retirada de especialidades
Compartilhamentos

Por MARCO ANTÔNIO P. COSTA

Na tarde desta segunda-feira (4), a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) comunicou à Universidade Federal do Amapá (Unifap) e à sociedade, que o projeto original do Hospital Universitário da forma como foi concebido retornou aos planos da organização.

O senador Ranfolfe Rodrigues (REDE), que alertou para o tema e participou dos diálogos com a Ebserh, comemorou a decisão em um vídeo divulgado nas redes sociais. Assista: 

Trata-se de uma reviravolta no caso, pois no início de outubro a Ebserh havia apresentado um projeto de implementação de um “hospital de médio porte”, com a redução, por exemplo, de 60 para 20 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Além disso, especialidades como a cardiologia cirúrgica, que leva um quantitativo grande de pacientes amapaenses para outros estados todos os meses, agora retorna aos planos de implementação no HU.

A previsão de conclusão da obra do hospital é até maio de 2020.

Documento da Ebserh

O documento da Ebserh, intitulado “Dimensionamento de serviços hospitalares para o Hospital Universitário da Universidade Federal do Amapá”, de 25 páginas, destacou que nas reuniões realizadas com a Comissão Técnica da Unifap, não houve aceitação das propostas de mudança que estavam sendo feitas.

Previsão de entrega do hospital é maio de 2020. Foto: arquivo SN

 

A empresa declara ainda que os entes públicos envolvidos no projeto deverão garantir a manutenção do hospital

“Ressalte-se, também, que é de extrema importância que ocorra uma pactuação entre o gestor local do SUS [Governo do Estado do Amapá] e o HU-UNIFAP de forma a garantir recursos financeiros necessários à sustentabilidade dos serviços assistenciais projetados”, diz a nota da Ebserh.

Foto de capa: arquivo SN

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.
error: Conteúdo Protegido!!