Compartilhamentos

Está confirmado para esta sexta-feira, 23, a partir das 8 horas, o 2º mutirão de conciliação realizado pelo Judiciário do Amapá em parceria com o Banco do Brasil. O mutirão será realizado na Central de Conciliação, no Fórum de Macapá, onde serão apreciados processos que tramitam nos Juizados Especiais Virtual, Fazenda Pública, Unifap, Norte e Sul, envolvendo demandas processuais somente do Banco do Brasil em Macapá.

Estão agendadas 63 audiências conciliatórias. Para a presidente do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos, desembargadora Sueli Pini, a maioria das demandas pode ser solucionada com o diálogo entre as partes, porque é de fácil solução. “Não precisa de briga judicial. Mas, às vezes, por pura falta de informação, as pessoas deixam que seus processos sejam judicializados. E isso não é bom pra ninguém”.

O “Mutirão das Grandes Demandas” está marcado para começar as 8 horas com término previsto para as 16 horas, e vai analisar ações de cobrança, danos morais, exclusão do nome do Serasa e ações por desconto indevido. A próxima instituição a realizar o mutirão será o Banco Santander, marcado para acontecer no período de 15 a 19 de dezembro.

Compartilhamentos