Compartilhamentos

Muitas pessoas lotaram o setor de atendimento da Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA) nesta quarta-feira, 1º, para negociar contas em atraso. Os consumidores estão aproveitando os descontos nos juros oferecidos pela empresa. São 70% de desconto para dívidas parceladas e 100% para pagamento à vista.

“Essa campanha não pretende apenas arrecadar dinheiro, mas também mostrar para a sociedade, que o serviço não pode melhorar se o consumidor não pagar pelo consumo. Temos que investir em pessoal, capacitação e expansão do serviço”, argumentou o diretor comercial da CEA, Fábio Freire.

Fábio Freire:

Fábio Freire: o consumidor precisa pagar pelo serviço

Segundo o diretor, 90 mil usuários estão inadimplentes, ou seja, quase 30% dos consumidores do Estado não pagam a energia que consomem. Conforme dados de um levantamento feito pela Diretoria Comercial da CEA, apenas 13% dos amapaenses pagam a energia devidamente no prazo.

O consumidor que quiser quitar débitos com vencimentos até dezembro de 2014, tem direito ao parcelamento em até 60 meses, basta ter em mãos os documentos pessoais.

A dona de casa, Maria Cléia dos Santos, aproveitou para negociar uma conta de luz vencida há dois meses, no valor de R$ 313. Segundo ela, o valor aumentou subitamente depois da instalação de um novo fio condutor na rede da casa dela.

Setor de atendimento da CEA lotado nesta quarta-feira

Setor de atendimento da CEA lotado nesta quarta-feira

“Minha conta chegava até a R$ 80, agora ultrapassou os R$ 300. Não tive como pagar. Hoje vou aproveitar o mutirão para negociar e questionar o aumento absurdo”, frisou.

A campanha de parcelamento de dívidas se estende até o fim deste mês. O consumidor titular deve procurar o guinche da CEA de segunda à sexta-feira, das 8h às 17h. Em Macapá e Santana haverá atendimento também nos três primeiros sábados do mês, 4, 11 e 18 de julho, com horário especial de atendimento das 8h às 12h.

 

Compartilhamentos