Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

Catadores de lixo encontraram o corpo de uma criança recém-nascida no aterro controlado de Macapá, KM-7 da BR-210. A criança, do sexo masculino, estava dentro de uma caixa de papelão.

O ‘carapirás’, como são conhecidos os catadores, estavam trabalhando revirando o lixo quando, por volta das 13h, fizeram a descoberta bizarra. No momento havia cerca de 70 catadores trabalhando no local.

Pelo estado do corpo a PM acredita que ele tenha sido deixado nesta quinta-feira, 16., Fotos: Olho de Boto

Pelo estado do corpo a PM acredita que ele tenha sido deixado no aterro nesta quinta-feira, 16., Fotos: Olho de Boto

“É uma criança de uns 9 meses, nascida, com placenta e tudo. Estava dentro de uma sacola na caixa. Nós chamamos a polícia e depois veio o carro-tumba” , disse a catadora Francisca Correa.

Segundo ela, foi a segunda vez em menos de duas semanas que os catadores encontraram algo parecido. No início do mês os catadores encontraram um feto bem desenvolvido.

O desafio para a polícia agora é descobrir quem deixou a criança no local. Por dia mais de 200 veículos entram no aterro controlado para descarregar todo tipo de lixo, mas só entram carros cadastrados.

Entrada do aterro controlado. Por dia mais de 200 veículos descarregam lixo no local

Entrada do aterro controlado. Por dia mais de 200 veículos descarregam lixo no local

“Todos os carros são filmados por nosso sistema de câmeras, e todos são cadastrados com informações sobre bairros e conteúdo do lixo”, informou porteiro do aterro controlado.

O porteiro confirmou também que os carapirás encontraram outro feto há cerca de 15 dias. 

A Polícia Militar acredita que pelo estado do corpo a criança foi deixada nesta quinta-feira. A Polícia Técnica do Amapá (Politec) esteve no local para fazer a perícia e remover o corpo do bebê.

Policiais do 2º BPM foram até o local

Policiais do 2º BPM foram até o local

Compartilhamentos