Compartilhamentos

CÁSSIA LIMA

O atual presidente da Assembleia Legislativa do Amapá, deputado Kaká Barbosa (PTdoB), marcou para a próxima quarta-feira, 15, a eleição de seis cargos da mesa diretora.

Dessa forma, o presidente mostrou que não deve esperar a decisão final do Tribunal de Justiça do Amapá (Tjap), que suspendeu a eleição em dezembro do ano passado.

Primeira sessão do ano na Assembleia Legislativa. Fotos: Cássia Lima

Primeira sessão do ano na Assembleia Legislativa. Fotos: Cássia Lima

A decisão que suspende a eleição da mesa foi dada por meio de liminar da desembargadora Sueli Pini, para o próprio deputado Kaká Barbosa, que entrou na justiça alegando que a eleição feriu o regimento interno da Alap.

Até o momento a Justiça não se posicionou sobre o caso. Ao que tudo indica o presidente da Assembleia ainda não decidiu se a eleição será feita por inscrição de chapas ou cargo a cargo. O presidente não quis dar esclarecimentos à imprensa sobre o assunto.

O anúncio da eleição, marcada para 15h da próxima quarta, foi feito pelo próprio deputado na manhã desta terça-feira, 7, durante abertura do ano legislativo na Assembleia.

Nesta manhã, ele solicitou a secretaria da sessão para as deputadas Edna Auzier (Pros) e Roseli Matos (PP), que ao que tudo indica, devem fazer parte da nova mesa diretora.

Kaká está sem mesa diretora desde que assumiu no início do mês. Os membros eleitos junto com ele em março de 2016 renunciaram de forma coletiva e antecipada no início de outubro.

Os cargos vagos são de 1º e 2ª vice-presidente, além do 1º, 2º, 3º e 4º secretários. 

Compartilhamentos