Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

Policiais militares da Força Tática da PM fizeram uma “Operação Papai-Noel” diferente no último domingo (17). Eles ajudaram a entregar dezenas de brinquedos para crianças atendidas em um projeto social da Igreja Betel, congregação ligada à Assembleia de Deus.

O projeto “Natal Para Todos”, da Betel, começou no ano passado.

“Antes fazíamos o Natal apenas para dentro da congregação, e desde o ano passado levamos para o lado de fora da igreja. Este ano a festa foi ainda maior”, comemorou o pastor Euclides, líder da igreja.

A igreja se mobilizou. Primeiro para matar a fome de famílias que moram numa área de ressaca.

“É um trabalho de assistência voltado a pessoas carentes. Estamos trabalhando distribuindo cestas. Nos empenhamos e conseguimos 20 cestas que já foram doadas pela manhã. Ficamos felizes porque a vida dessas ficou um pouco melhor, pelo menos nessa época do Natal”, destacou a pastora Carmen, que esteve a frente do projeto.

Policiais entregaram bolas para os meninos. Fotos: Olho de Boto

Filas organizadas para receber os presentes

A igreja também reuniu mais de 100 brinquedos. O capitão Alex Sandro, chefe de Comunicação Social da PM, também se envolveu, e ganhou a adesão de companheiros da farda do Batalhão de Força Tática.

“Percebemos que muitas crianças têm uma admiração muito grande pela Polícia Militar. Estendemos esse convite para a Força Tática, e os policiais vieram aqui para distribuir os brinquedos para fazermos essa festa a mais bonita possível. Essa igreja resgata crianças e valores, assim como a Polícia Militar que trabalha junto com a comunidade”, avaliou.

Um culto antecedeu a distribuição dos brinquedos, com apresentação de coral e pregação. Dezenas de crianças aguardavam a chegada dos brinquedos, e uma brincadeira amentou ainda mais a expectativa.

“Dissemos que a pessoa que estava trazendo os brinquedos estava perdida, e nós íamos mostrar o caminho certo. E é isso que a Polícia Militar também procura fazer, mostrar o caminho certo”, explicou Alex Sandro.

Quando as viaturas da Força Tática chegaram ao local do culto, na Avenida Padre Júlio Maria Lombaerd, no Bairro Santa Rita, as crianças ficaram eufóricas.

Culto na Padre Júlio teve coral…

…e muitas crianças.

No ritmo de uma trilha sonora, tocada por uma banda, os policiais foram descarregando os brinquedos e as filas iam sendo organizadas. Nenhuma criança saiu sem presente. Os meninos, claro, queriam bolas de futebol.

 “Isso marca qualquer pessoa. (…) O nosso papel é proteger as pessoas, mas se a gente também puder um momento feliz com essas crianças nós estaremos nessa missão”, avisou o major André Luiz, comandante do Batalhão de Força Tática.

Deixe seu comentário
Compartilhamentos