Justiça manda blog excluir pesquisa eleitoral fraudulenta

Segundo a ação, a publicação tem intuito de manipular e influenciar o eleitorado.
Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

A Justiça Eleitoral do Amapá deu um prazo de 72 horas para que um blog amapaense retire do ar uma pesquisa eleitoral fraudulenta, sob pena de multa de R$ 5 mil por dia de descumprimento.

A decisão é resultado de ação do Ministério Público Federal (MPF), através da Procuradoria Regional Eleitoral (PRE), que afirmou que a publicação tem intuito de manipular e influenciar o eleitorado, além de comprometer a legitimidade das eleições.

De acordo com a ação, o instituto citado pelo blog “Pensa Amapá”, como autor da pesquisa, não existe, conforme constatado após apuração do MPF.

O blog em questão entrou no ar no dia 31 de dezembro do ano passado, trazendo como matéria principal o resultado da suposta pesquisa com intenções de votos para as eleições gerais de 2018.

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.
error: Conteúdo Protegido!!