Funcionária pública e empresários são processados por desvio na merenda escolar

Ação pede o ressarcimento dos valores aos cofres públicos.
Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

A funcionária pública Otacília Paes Pereira Filha, ex-chefe da Divisão de Alimentos da prefeitura de Macapá, e os empresários Cláudio José Ribeiro Filho, Renata Augusta Salgado Frias Ribeiro e Mardônio Alvares Gonçalves são processados por desvio de recursos da merenda escolar.

De acordo com a ação de improbidade administrativa, ingressada pelo Ministério Público Federal (MPF), a funcionária pública foi responsável por efetuar pagamentos indevidos à empresa Potencial Comércio e Serviços por mercadorias que não foram entregues.

A ação pede o ressarcimento dos valores aos cofres públicos, com a indisponibilidade dos bens dos envolvidos em até R$ 100 mil.

Investigação

De acordo com a investigação, os ilícitos foram cometidos entre 2009 e 2010. A empresa, contratada por R$ 630 mil para fornecer gêneros alimentícios, não entregou todos os itens contratados, mas recebeu o valor total do contrato.

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.
error: Conteúdo Protegido!!