PDT indica Waldez para disputar quarto mandato

Atual governador já conta com apoio de 11 partidos
Compartilhamentos

ANDRÉ SILVA

O Partido Democrático Trabalhista (PDT) homologou na manhã deste sábado (12) sua candidatura para o governo do Estado e de 21 candidatos a deputados estaduais e federais. Waldez Góes, atual governador e presidente do diretório estadual, é o pré-candidato do partido e concorrerá ao seu quarto mandato no executivo estadual. Ele esteve no comando do Setentrião nos mandatos de 2002-2006, 2006-2010 e 2014-2018. 

Cerca de 12 partidos que já fazem parte da atual base de governo de Góes, estão cotados para formarem a coligação do partido nas eleições 2018. Entre eles está o MDB, Partido do atual presidente do República, Michel Temer e o PT do ex-presidente Lula, que segue preso pro crime de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Os outros partidos são: PSD, PCdoB, PR, PTB, PPS, PRÓS, PTC, PSDC e PRB.  Além desses, o candidato ao governo diz que vem buscando dialogar com mais quatro legendas que não fazem parte da base do atual governo.

Encontro do partido ocorreu no Bairro Santa Rita. Fotos: André Silva

A coligação ainda não está fechada, mas Waldez considera difícil a possibilidade de um dos aliados debandarem da base.  

“Vou continuar, com autorização do partido, conduzindo o processo de construção de alianças. Eu começo a frente de articulação política com aqueles que são meus aliados. Não posso ainda anunciar como vai ficar a proposta final do plano de governo e da frente politica ”, falou Waldez Góes. 

Waldez Góes disse que ainda negocia com mais quatro partidos

Góes diz estar preparado para enfrentar a campanha. Disse que acumulou experiência suficiente para se tornar pré-candidato. Ele falou que continuará administrando o governo e fazendo entregas de obras até  o fim do prazo dado pela justiça eleitoral.

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.
error: Conteúdo Protegido!!