Homem foi executado de joelhos, afirma perícia

Peritos confirmaram dois tiros na cabeça. Um dos disparos atravessou o crânio e saiu pelo olho da vítima
Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

Um homem ainda não identificado foi encontrado morto, neste sábado (11), no bairro Zerão, zona sul de Macapá. A vítima, que não portava documentos, aparenta ter entre 28 e 30 anos.

Corpo foi encontrado por banhistas que iam ao balneário do Gruta, nas primeiras horas da manhã. Fotos: Olho de Boto/SN

O cadáver estava caído em uma área de vegetação, às margens do balneário conhecido como Gruta. O corpo foi encontrado no início da manhã, por banhistas que chegaram ao local, por volta de 6h30.

PMs isolaram o local até a chegada da Polícia Técnico-Científica. Fotos: Olho de Boto

Policiais militares do 1º Batalhão fizeram incursões pela região, mas ninguém foi preso. “Inicialmente, a ocorrência seria de afogamento, mas depois observou-se perfurações de tiro no corpo da vítima. Algumas testemunhas das redondezas informaram que, logo antes de amanhecer, ouviram três ou quatro disparos e barulho de carros deixando o local”, levantou o tenente Anderson Fernandes.

Tenente Anderson Fernandes: testemunhas escutaram tiros ao amanhecer

Ele e sua equipe isolaram o local até a chegada da Polícia Técnico-Científica (Politec), que confirmou dois tiros na cabeça. Um dos disparos atravessou o crânio e saiu pelo olho da vítima. Segundo os peritos, o homem estava de joelhos quando foi atingido – características de execução.

Remoção do corpo foi feita pela Politec

O caso já está sendo investigado pela equipe da Delegacia Especializada de Crimes Contra a Pessoa (Decipe), cujos agentes coletaram provas ainda no local.

Foto de capa: Olho de Boto/SN

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.