Empregada doméstica é achada morta dentro da própria casa

Familiares encontraram o corpo de Maria Ângela Almeida Viana dentro de um quarto
Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

No início da tarde deste domingo (11), uma mulher de 50 anos foi encontrada morta, já em estágio de decomposição, possivelmente estrangulada e violentada sexualmente.

O corpo foi encontrado por familiares dentro da casa onde ela morava, na Rua Castro Alves, Bairro Fonte Nova, no município de Santana, a 17 quilômetros de Macapá.

Corpo da doméstica estava dentro de um dos quartos da residência Fotos: Olho de Boto

Segundo o tenente Alan Lopes, do Batalhão de Policiamento Rodoviário Estadual (BPRE), desde a última quinta-feira (8), a vítima, que morava sozinha, não manteve mais contato com a família, que começou a estranhar. 

Tenente Alan Lopes (BPRE): vítima estava desaparecida

O sumiço de Maria Ângela Almeida Viana, de 50 anos, e que trabalhava como faxineira na casa da própria mãe, deixou os parentes preocupados, e decidiram visitá-la. Ao chegar na casa, foram até o quarto e avistaram a vítima nua, em cima da cama.

Perícia já trabalha com a hipótese de homicídio

A polícia já tem suspeitas sobre o que poderia ter ocorrido. No entanto, nada será revelado para não atrapalhar as investigações.

A perícia está concluindo os trabalhos e tudo indica que a empregada doméstica tenha sido assassinada. A investigação ficará a cargo da Polícia Civil. O 4º Batalhão da Polícia Militar (4º BPM) também ficou de se posicionar sobre o caso.

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.