Quase 14 mil títulos de eleitor podem ser cancelados no Amapá

No total, são 13,7 mil pessoas, sendo mais de 8 mil da capital
Compartilhamentos

Da REDAÇÃO

Quase 14 mil eleitores que não compareceram às urnas nas últimas três eleições poderão ter os títulos cancelados no Amapá, caso não apresentem justificativa, informou o Tribunal Regional Eleitoral do Estado (TRE-AP). O prazo final é 6 de maio.

De acordo com o TRE, 60% desses eleitores, o equivalente a 8.151 pessoas, são de Macapá. No total, são 13.743 eleitores.

Para regularizar a situação, o eleitor precisará procurar o cartório eleitoral da sua cidade com documento oficial de identificação (RG ou CNH), além de comprovante de residência e o título eleitoral.

De acordo com o TRE, em todo o Brasil são esperados mais de 2,6 milhões de eleitores. Quem não regularizar a situação será impedido de retirar passaporte, carteira de identidade e até de receber o salário, se for servidor público. Empréstimos bancários e nomeação após concurso também serão barrados.

É possível consultar a própria situação clicando aqui no Portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), informando nome e data de nascimento. A lista com os títulos cancelados será divulgada no dia 24 de maio.

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.
error: Conteúdo Protegido!!