Vendedor se orgulha de ter educado e livrado os filhos da criminalidade

Benedito Barata Tavares, de 59 anos, que vende bacaba de porta em porta para tirar o sustento da família
Compartilhamentos

Por OLHO DE BOTO

Em meio à megaoperação organizada neste sábado (16) pelas forças de segurança pública, a reportagem do Portal SelesNafes.com encontrou um personagem com história destacada.

Morador há 30 anos da Baixada do Ambrósio, na Área Portuária de Santana, o autônomo Benedito Barata Tavares, de 59 anos, que vende bacaba de porta em porta para tirar o sustento da família, conseguiu trilhar o caminho dos filhos no rumo certo no meio de uma área com alto índice de criminalidade.

Ele conta com orgulho que seus três filhos, dois homens e uma mulher, são formados. O mais velho é professor de matemática e o caçula é servidor público. A mulher é enfermeira, trabalha na saúde pública.

O orgulho do vendedor não é à toa. A comunidade do Ambrósio é pobre e dominada por traficantes, que todos dias recrutam jovens para a criminalidade.

“Nem eu e nem meus filhos nunca nos envolvemos com o crime, nunca a polícia foi na porta da minha casa. Graças a Deus, consegui criar meus filhos no caminho certo. Não mexo, nem prejudico ninguém, e ninguém mexe comigo”.

Benedito Tavares vai completar 60 anos de idade na próxima segunda-feira (18). A metade de sua vida morou na comunidade do Ambrósio. Nestas três décadas, ele ainda lamenta a falta de atenção do poder público.

“A Baixada do Ambrósio parou no tempo. Entra governo, sai governo, entra prefeito, sai prefeito e tudo continua na mesma”, lamentou.

Foto: Olho de Boto/SN

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.
error: Conteúdo Protegido!!