DEM decide por Josiel Alcolumbre e costura arco de alianças

Pré-candidatura afasta o tradicional parceiro, a Rede Sustentabilidade, e os dois podem rachar na disputa pela prefeitura de Macapá
Compartilhamentos

Por SELES NAFES

O DEM ainda não decidiu quando vai anunciar publicamente, mas, internamente, já decidiu pela pré-candidatura do empresário Josiel Alcolumbre à prefeitura de Macapá, no ano que vem. Josiel é irmão e suplente do senador Davi Alcolumbre, atual presidente do Congresso Nacional. É praticamente o fim, pelo menos por enquanto, da aliança com a Rede.  

O Portal SelesNafes.Com apurou com lideranças do DEM que Josiel terá a possibilidade de disputar a prefeitura apoiado por um amplo arco de alianças composto por 8 ou 11 partidos. PSDB, PP, PV, PSL, Patriota, PSD, Pros e PTB já teriam manifestado apoio.

O DEM não descarta a possibilidade de receber o apoio do MDB, de Gilvam Borges, histórico aliado do PDT, mas que nos últimos tempos anda afastado após o rompimento entre o governador Waldez Góes e o ex-senador Gilvam Borges. Em 2018, Gilvam fez uma aliança com o ex-adversário João Capiberibe (PSB), então candidato ao governo do Estado. 

“Pela pré-candidatura, sim (decidido). Agora estamos solidificando o terreno para que seja uma candidatura não apenas viável, eleitoralmente falando, mas vencedora”, comentou um dirigente do partido ao Portal SN, na manhã desta segunda-feira (23).

Procurado pela reportagem, o empresário Josiel Alcolumbre confirmou a decisão interna do partido.

“Minha intenção é dedicação total no sentido de manter as alianças que já tínhamos desde 2010, agregando aos novos parceiros que se juntaram a nós em 2019/2020”, frisou.

Josiel Alcolumbre com lideranças do Avante e PSL. Foto: Seles Nafes/Arquivo SN

Davi e Randolfe: fim da aliança é cada vez mais provável

Afastamento

Se não houver uma reviravolta, essa confirmação põe uma pedra sobre a aliança com a Rede Sustentabilidade, do senador Randolfe Rodrigues. Na semana passada, o partido decidiu, em caráter irrevogável, que vai encabeçar a chapa majoritária à sucessão de Clécio Luís. Dois nomes disputam a indicação na Rede: Silvana Vedovelli e Caetano Bentes.

A Rede vinha afirmando que a possível pré-candidatura de Josiel Alcolumbre quebrava um acordo antigo. A crise entre os aliados se agravou no Senado, quando Randolfe anunciou o fim da aliança com o DEM e Davi Alcolumbre.

Secretária de Saúde de Macapá, Silvana Vedovelli…

E o líder do governo, vereador Caetano Bentes. Fotos: Arquivo SN

A Rede decidiu que vai conversar com todos os partidos, menos com o PSL. Existe uma aproximação com o PDT, de Waldez Góes, e estão marcadas conversas com o PSB, da família Capiberibe.

Independentemente de novas adesões, a Rede acredita já ter formado um grupo com pelo menos oito partidos, e com possibilidade de ampliar. 

Apesar do cenário de possível rompimento, é importante lembrar que na política nada é definitivo.

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.
error: Conteúdo Protegido!!