Homem que matou rival após pedir água disse que era ameaçado

Lúcio Marques Soares e comparsa executaram Benizaldo Barbosa de Souza, em maio deste ano
Compartilhamentos

Por OLHO DE BOTO

Nesta quarta-feira (4), a Polícia Civil do Amapá cumpriu mandado de prisão preventiva contra um integrante de uma facção criminosa. Lúcio Marques Soares, conhecido como ” Beck”, estava na casa da mãe, no Bairro dos Congós, na zona sul de Macapá.

Beck é apontado como um dos autores do assassinato de Benizaldo Barbosa de Souza, de 20 anos, o ” Júnior Biruta “, executado com vários tiros no dia 23 de maio deste ano. A execução ocorreu na passarela da 22ª Avenida também no Bairro dos Congós.

Homicídio ocorreu durante o dia, em ponte do Bairro dos Congós. Foto: Olho de Boto/arquivo SN

Júnior morreu em uma área alagada, quando tentava fugir dos atiradores pelos fundos da casa onde morava. O crime foi praticado por dois homens. Um deles, seria Beck, que chegou a ser preso no dia 14 de junho, porém, foi libertado após o prazo da prisão temporária.

No depoimento, ele confessou ter disparado ao menos 4 vezes na vítima, alegando que estava sendo ameaçado de morte. Por esse motivo, resolveu matar Júnior Biruta. Segundo o delegado Wellington Ferraz, antes de matar, Beck pediu permissão ao líder da facção que pertence que, segundo ele, cumpre pena no Iapen.

“Segundo o autor do crime, a vítima teve uma desavença consigo e tinha lhe jurado de morte. Ele diz que resolveu tomar a iniciativa antes que fizesse algo com ele”, relatou Ferraz.

Delegado Wellington Ferraz: preso alega desavença com vítima. Foto: Olho de Boto/SN

A polícia segue em busca de pistas para identificar o outro homem envolvido no crime.

“No interrogatório, ele respondeu com tranquilidade. Foi indiciado por homicídio qualificado e por participação em organização criminosa. Ele tentou confundir as investigações, apontando pessoas que não participaram”, explicou o delegado.

Lúcio Marques Soares foi encaminhado ao Iapen, onde ficará à disposição da justiça.

Leia mais sobre o caso em: 

Atiradores pedem água, invadem casa e matam jovem

Líder de facção autorizou execução nos Congós

Foto de capa: Olho de Boto/SN

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.
error: Conteúdo Protegido!!