Compartilhamentos

Foi divulgado na manhã desta segunda-feira, 16, pela Secretaria de Segurança Pública (Sejusp) o balanço da “Operação Marco Zero” realizada no fim de semana em toda a capital. Foram 14 veículos recolhidos, 32 carteiras de habilitação apreendidas, 100 papelotes de entorpecentes encontrados, nove prisões em flagrante e 39 menores de idade encaminhados para a Delegacia de Atos Infracionais (Deiai). 

Policiais prenderam 9 pessoas em flagrante, a maioria por tráfico

Policiais prenderam 9 pessoas em flagrante, a maioria por tráfico. Fotos: Jorge Júnior

De acordo com o balanço, 626 veículos foram abordados, 62 notificados e 14 recolhidos. Ao todo, 12 bares foram notificados por poluição sonora e porque estavam sem alvarás de funcionamento. Além disso, foram encontrados adolescentes no interior desses estabelecimentos. “Tivemos que apreender equipamentos de som de muitos bares. A operação foi considerada um sucesso porque não teve vazamento. Sem contar que não foi registrada nenhuma morte no transito”, destacou Nixon Kenedy.

Drogas e armas brancas apreendida. No total foram cerca de 100 papelotes de entorpecentes

Drogas e cachimbos de crack. No total, foram cerca de 100 papelotes de entorpecentes

Durante a operação foi o fechado um ponto de tráfico de drogas e prostituição na rua Hildermar Maia, no Bairro do Buritizal. A polícia chegou ao endereço por meio de denúncias. No local foram apreendidos nove menores e encaminhados ao conselho tutelar. A polícia também encontrou 30 papelotes de drogas e uma arma branca. “Estamos mapeando esses lugares em toda a cidade. A denúncia da população é essencial para o nosso trabalho. Estamos investigando, mas a denúncia facilita muito”, observou o secretário de Segurança Nixon Kennedy.

Bafômetro foi feito em todos os motoristas. Mais de 600 veículos abordados

Bafômetro foi feito em todos os motoristas. Mais de 600 veículos abordados

A ação contou com 463 policiais militares, Polícia Civil, Guarda Municipal, Detran, Imap, Conselho Tutelar, Iapen e Juizado da Infância e do adolescente. A operação Marco Zero abrangeu quase toda a cidade de Macapá e foi realizada em conjunto com outras operações que já vêm sendo realizadas, como as operações “Check Point”, “Saturação” e “Lei Seca”.

A operação Marco Zero foi planejada uma semana antes de ser executada e deve se repetir pelo menos uma vez por mês. O objetivo é reduzir os altos índices de violência em Macapá. “Não vamos divulgar os dias, mas a operação vai estar nas ruas”, confirmou o secretário.

Compartilhamentos