Compartilhamentos

O feriado da Proclamação da República foi marcado em Macapá por um protesto inusitado. O juiz da 10ª Zona Eleitoral, Reginaldo Andrade, decidiu transferir deu gabinete para o meio da avenida mais importante do Centro de Macapá, a FAB, em frente ao Fórum da cidade. O manifesto do juiz contou com apoio de vários magistrados.

Liberdade de imprensa, respeito aos Poderes, garantia dos direitos públicos, e respeito ao cidadão, são alguns dos assuntos para os quais o juiz quer atenção. “Eu garanto os direitos do povo do Estado do Amapá. Tragam provas do seu direito que eu os garanto. Estamos cansados desse desrespeito com a Justiça. Não tenho bandeira política ou partidária. Exijo respeito para os poderes judiciais”, declarou o juiz eleitoral. “As coisas não mudaram nos últimos 20 anos. Rememorando o aniversário da Proclamação da República vemos o desrespeito com os direitos do povo. Eu cumpro com meu papel de defesa do cidadão e condeno os corruptos”, afirmou.

O juiz montou gabinete em frente ao Fórum de Macapá

O juiz montou gabinete em frente ao Fórum de Macapá

Neste sábado e no domingo (15 e 16), o Fórum de Macapá estará recebendo a sociedade em geral para denúncias de abusos, corrupção, esclarecimentos e consulta jurídica. “Eu tenho que testemunhar num processo que nem tenho conhecimento. E vi o ato do juiz, vim pedir esclarecimentos dele”, disse a dona de casa, Maria Raimunda Nascimento, de 38 anos.

O cidadão que estiver respondendo a processos judiciais ou queira esclarecimentos da Justiça, pode procurar em horário comercial o juiz Reginaldo Andrade. “Este fim de semana eu quero ouvir o povo e garantir seus direitos. Não tenho medo de retaliação”.

Compartilhamentos