Compartilhamentos

Alunos da rede pública do Estado fizeram faixas e cartazes para caminhar pelas ruas do município de Oiapoque na noite de sexta-feira, 29, num protesto pelo atraso no pagamento dos salários dos professores do contrato administrativo. A manifestação se concentrou em frente à Escola Estadual Joaquim Nabuco.

O protesto foi uma forma de apoiar os professores do contrato que já entraram no quarto mês de trabalho, mas ainda nem notícia dos salários.  Os alunos dizem que professores demonstram falta de motivação para dar aulas, e com aproximação da prova do Enem isso é preocupante.

Aluna segura cartaz de protesto: professores desmotivados

Aluna segura cartaz de protesto: professores desmotivados

O movimento “Acorda Oiapoque” também fez parte dos protestos e diz que vai incentivar os alunos a retomar o “Grêmio Livre”, entidade que lutava pelos direitos estudantes de Oiapoque e está desativado.

O protesto também exigiu melhorias na estrutura da Escola Joaquim Nabuco e a garantia de merenda escolar.

A Secretaria de Educação do Estado garantiu que todos os salários atrasados serão pagos até o dia 30 de junho. Segundo a Seed, alguns professores receberam e outros não porque houve demora na entrega de documentos, o que teria atrapalhado o processo de contratação.  

Compartilhamentos