Compartilhamentos

Os órgãos de segurança pública do Amapá realizarão uma grande operação durante o feriado prolongado de Corpus Christie. A Operação “Cavalo de Aço” tem como foco principal as motocicletas e seus condutores. De acordo com dados do Centro Integrado de Operações em Defesa Social (Ciodes), a maioria dos assaltos envolve motociclistas.

A operação irá utilizar cerca de 250 policiais e agentes, que fiscalizarão a Lei Seca e farão o combate ao tráfico de drogas e outros crimes. A operação terá a Polícia Militar, Polícia Civil, Polícia Técnico Científica, Corpo de Bombeiros, Polícia Rodoviária Federal, Detran, Guarda Municipal, Companhia de Trânsito e Transporte de Macapá (CTMac) e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência.

O objetivo é reduzir os assaltos com motos e combater o roubo de veículos. Fotos: Agência Amapá

O objetivo é reduzir os assaltos com motos e combater o roubo de veículos. Fotos: Agência Amapá

A Cavalo de Aço acontecerá nos municípios de Macapá, Santana, Laranjal do Jari, Porto Grande Oiapoque, Mazagão, Calçoene e Tartarugalzinho.

“É uma grande operação não só ao número de furtos e roubos de motocicletas, mas principalmente a assaltos cometidos por criminosos que utilizam esse tipo de transporte”, explicou o secretário de estado de Justiça e Segurança pública, Gastão Calandrini, que explicou que a ação também tentará coibir o número de veículos roubados no Estado com foco na capital, onde estão os maiores índices desse tipo de crime. 

“Observamos que está sendo frequente a apreensão de motos roubadas em nossas barreiras. Precisamos intensificar as fiscalizações tanto dos condutores quanto da situação das motos. Muitos assaltantes preferem utilizar esse tipo de transporte por facilitar na hora da fuga, coisa que nos preocupa muito”, acrescentou o comandante geral da PM, Coronel Carlos Souza.

A Cavalo de Aço prossegue até o próximo domingo, dia 7.

Compartilhamentos