Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

Policiais do Batalhão de Rádio Patrulhamento Motorizado (BRPM) apreenderam uma grande quantidade de drogas e objetos usados como moeda de troca na madrugada deste domingo, 21, em suas residências localizadas nos bairros Zerão, na Zona Sul, e Pantanal, na Zona Leste de Macapá.

A equipe estava em patrulhamento quando decidiu abordar suspeitos numa festa de aparelhagem que ocorria em uma residência. Com um homem identificado como Marco Monteiro Júnior, de 24 anos, que estava na frente da festa, foram encontradas pequenas porções de maconha e cocaína.

Quatro pessoas foram presas. Fotos: Olho de Boto

Quatro pessoas foram presas. Fotos: Olho de Boto

“Ele alegou que a droga não era dele, e que estava apenas vendendo pra uma pessoa. Ele informou o nome do proprietário e com essas informações as equipes foram até o Bairro do Pantanal”, comentou o sargento Paulo Roger, do BRPM.

Na residência indicada, os policiais surpreenderam três homens embalando mais drogas para serem revendidas. O dono da casa, Eliezer da Silva Maciel, de 26 anos, assumiu ser o proprietário do produto, e disse que os outros dois homens eram “funcionários” contratados para empacotar as drogas.

Dois quilos de maconha e meio de cocaína pura

Dois quilos de maconha e meio de cocaína pura. No detalhe os ‘pinos’. Cada um custa R$ 50

 

Foram apreendidos mais de R$ 1 mil

Foram apreendidos mais de R$ 1 mil

No total, foram encontrados dois quilos e meio de maconha e meio quilo de cocaína pura, que diluída seria transformada em 3 quilos. Cada porção pequena de cocaína é chamada de ‘pino’, e custa R$ 50.

“É uma drogada usada pela classe média”, resumiu o sargento do BRPM.

Todos foram presos. Com Marco Monteiro Júnior foi encontrada uma moto com a placa adulterada com fita isolante. A fraude é grosseira, mas os policiais dizem que na escuridão da noite ela pode atrapalhar a identificação correta do veículo.

Dois 'funcionáris' embalavam as drogas

Dois ‘funcionários’ embalavam as drogas

Foram presos ainda: Deoclides Pereira da Silva, 27 anos, e Geovan Fernandes Raposo Dias, de 26 anos.

Na casa os policiais encontraram televisores, relógios e outros objetos supostamente levados por viciados para trocar por drogas. Também foram apreendidos mais de R$ 1 mil.

Moto usada por Marco Monteiro

Moto usada por Marco Monteiro

Placa tinha fraude grosseira

Placa tinha fraude grosseira

Todos os presos cumprem penas por diversos crimes em regime semiaberto. Eles foram apresentados no Ciosp do Pacoval, e serão transferidos para o Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen).

Compartilhamentos