Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

Um motociclista escapou da morte no início da manhã desta segunda-feira, 14. Sem condições de dirigir, por muito pouco ele não bateu contra um poste. Depois, ele ainda se recusou a passar pelo “bafômetro” da Polícia Militar.

O acidente ocorreu na Rua Claudomiro de Moraes, no Bairro do Buritizal, Zona Sul de Macapá, por volta das 5h.

O motociclista trafegava no sentido Congós/Santa Rita quando saiu da pista. Ele desviou por um triz de um poste, subiu numa calçada do Conjunto São José e caiu. O condutor foi parar a cerca de 10 metros da motocicleta.  

Condutor foi parar a cerca de 10 metros da moto. Fotos: Olho de Boto

Condutor foi parar a cerca de 10 metros da moto. Fotos: Olho de Boto

“Nós percebemos nele os sinais de embriaguez, e oferecemos o teste do etilômetro. Porém, o mesmo se recusou”, disse o sargento Calandrini, do Batalhão de Trânsito da Polícia Militar (BPtran).

“Pela gravidade do acidente, ele teve muita sorte de não ter acontecido coisa pior. E ainda poderia ter colocado em risco a vida de outras pessoas”, acrescentou o sargento.

O vigilante ainda se recusou a passar pelo "bafômetro"

O vigilante ainda se recusou a passar pelo “bafômetro”

O motociclista ficou deitado durante algum tempo depois do acidente, e só se levantou com a chegada dos policiais. Sem ferimentos graves, ele informou que é vigilante, e que pretendia seguir pela Rodovia Duca Serra até o Bairro do Goiabal, na Zona Oeste de Macapá. Dificilmente chegaria.

Ele foi conduzido pelo policiais até o Ciosp do Pacoval, onde foi autuado.

Compartilhamentos