Compartilhamentos

CÁSSIA LIMA

Estudantes pediram nesta quinta-feira (18) que os vereadores da Câmara de Macapá cobrem do executivo municipal uma resposta final sobre o reajuste da tarifa de ônibus. O pedido dos estudantes tem como base o parecer favorável do Conselho de Transporte de Macapá para o aumento da tarifa de R$ 2,75 para R$ 3,25.

O parecer favorável ao aumento de passagem dado pelo Conselho de Transporte de Macapá está a um mês parado na prefeitura de Macapá. O receio dos parlamentares é que o prazo seja vencido e a decisão mais uma vez pare na justiça.

Vereador Japão: membros do conselho deveriam ter sido sabatinados pelos vereadores. Fotos: Cássia Lima

Estudante Nathally Ferreira: sem melhorias em dois anos

De acordo com o vereador da oposição Japão Baía (PDT), presidente da Comissão de Transporte da Câmara, o parecer do conselho deveria ter tomado um rito diferente da tramitação atual.

“O parecer com a planilha e a justificativa do aumento foi votado no conselho e encaminhado ao gabinete do prefeito. Mas antes disso os membros do conselho deveriam ser sabatinados na Câmara. E não foi isso que aconteceu”, frisou o vereador.

Segundo Japão, o atual conselho não possui legitimidade para votar o parecer e que isso deve ser apontado pelo prefeito.  Além disso, o presidente da Comissão de Transporte da Câmara também quer que o MP faça análise do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), assinado em 2015. No termo, as empresas se comprometeram em renovar a frota e construir abrigos de ônibus.

Parecer é pelo aumento para R$ 3,25

Para a estudante Nathally Ferreira, de 16 anos, que estuda na Escola Raimunda Virgulino, no Bairro do Novo Horizonte, a discussão da tarifa deve ser ampla e imediata.

“Há um mês estamos nessa incerteza. Eu uso ônibus para ir à escola e ao curso e não vi grandes melhorias nesses dois anos. O MP tem que investigar, assim como, a prefeitura tem que dar seu parecer”, ressaltou.

A reportagem do portal SELESNAFES.COM entrou em contato com o gabinete da prefeitura de Macapá, mas não obteve resposta até o fim do fechamento desta matéria.

Compartilhamentos