Polícia do Amapá investiga adolescente que “toca o terror” aos 17 anos

Apesar da pouca idade, o jovem é tido pela polícia como um dos mais perigosos agentes do crime que atualmente agem em Macapá. Ele está internado no HE, gravemente ferido.
Compartilhamentos

Por DA REDAÇÃO

Com apenas 17 anos e uma extensa ficha, um adolescente é considerado pela polícia como o novo “terror” de Macapá. Sempre com uso de violência nas suas ações, “Estevinho” ganhou a atenção das forças de segurança pública nas últimas semanas por participar de uma sequência de roubos praticados por bandos armados a ônibus, mercantis e outros estabelecimentos comerciais.

Ele estava foragido do Centro Sócio Educativo de Internação (Cesein) até a noite de 4, quando foi baleado em mais uma tentativa assalto. Testemunhas relataram que o menor tentava assaltar um restaurante na zona sul, quando foi surpreendido por um policial do Batalhão de Operações Especiais (Bope), que estava de folga, à paisana.

O infrator foi atingido no tórax e na coxa direita, e está internado em estado grave no Hospital de Emergências de Macapá.

Roubo a mercantil no bairro Buritizal Novo. Jovem saca arma da cintura

Desde então, a polícia passou a receber denúncias de outras ações criminosas já cometidas pelo infrator. A mais nova informação sobre a participação dele foi divulgada pela polícia no dia 5, e é mais um roubo.

Desta vez, a ação criminosa ocorreu em uma padaria, no Bairro Marabaixo, na zona oeste de Macapá. Nas cenas filmadas no interior do estabelecimento, é possível ver o perigoso jovem e um comparsa.

Armado com revólver, o adolescente rende clientes e funcionários da panificadora. Os comparsas pegam o dinheiro do caixa. VEJA O ROUBO À PANIFICADORA:

Antes disso, no último dia 25 de janeiro, novamente o adolescente foi filmado na companhia de outros suspeitos em um roubo a mercantil. A ação ocorreu no Bairro Novo Buritizal, na zona sul da capital Macapá. Clientes e funcionários são obrigados a entregar o dinheiro do caixa e objetos pessoais. Em poucos instantes, os assaltantes fogem usando bicicletas. Eles levaram cigarros, celulares e cerca de R$ 2 mil.

Ao não cumprir a ordem de parada do veículo, o motorista, de 52 anos, foi atingido com golpes de faca no braço

Outra ação criminosa atribuída ao bando no qual o jovem costuma agir em conjunto, foi o assalto a passageiros e motorista de um ônibus da empresa Sião Tur que fazia a linha Goiabal-Centro. O crime ocorreu na tarde do dia 1º de fevereiro. Um vídeo mostra a ação do adolescente e outros quatro assaltantes, armados com faca.

Antes de descer levando cerca de R$ 80 de renda, celulares, joias e outros pertences dos passageiros, um dos criminosos ainda deu facadas no braço do motorista.

Na noite do último dia 6, dois comparsas dele em vários assaltos foram mortos num confronto com o Bope, na Área Portuária de Santana. 

Fotos: Reprodução/SN

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.
error: Conteúdo Protegido!!