Compartilhamentos

Guilhotina política

O prefeito Clécio Luis encerrou a segunda-feira demitindo o secretário de Obras, Elden Fábio, que seria indicação de um deputado federal. A decisão foi política, mas também motivada por um certo desgaste interno do secretário. O substituto ainda não foi anunciado.

Marcos Roberto

Marcos Roberto. Foto: Letícia Lara


Marcos Roberto em alta

A menos de um ano da eleição, os caciques dos principais partidos articulam candidaturas e costuram apoios internos importantes que podem lhe assegurar espaço para concorrer. Um dos secretários mais bem avaliados do governo, Professor Marcos Roberto Marques (PT), da Segurança Pública, por exemplo, já tem garantido apoio pesado do PSB na corrida por uma cadeira de deputado federal. Seria uma maneira de punir e também enfraquecer a deputada federal Dalva Figueiredo, que não trabalhou no PT pela reeleição de Joel Banha para a presidência do diretório estadual da legenda.

Aline com Marqueteiros

Aline Gurgel. Foto: Asscom

Aline Gurgel já conversa com marqueteiros

O grupo da família Gurgel trabalha intensamente para lançar a vereadora Aline Gurgel (PR) como candidata ao governo no ano que vem. Com a benção do diretório nacional, a vereadora que está no primeiro mandato já anda conversando com marqueteiros e já sonda nomes para a equipe de campanha.

Roberto e a Câmara

O PDT também tem candidato forte mirando na Câmara Federal. É o ex-prefeito de Macapá Roberto Góes, que anda bem sumido da mídia ultimamente, apesar de ainda comandar a Federação Amapaense de Futebol.

Foto:brasileconomico.ig.com.br

Pedro Paulo. Foto: brasileconomico.ig.com.br

Medicina, família e eleições

O ex-governador Pedro Paulo Dias (PP) vem se dedicando à medicina e à família, mas não esconde de ninguém que deseja disputar as eleições do ano que vem. O Palácio do Setentrião deixou de ser o foco, pelo menos por enquanto. O objetivo é Brasília, via Câmara Federal.

Lucas Barreto

Lucas Barreto. Foto: Arquivo

Mais uma pedra fundamental?

“Tomara que não seja mais uma pedra fundamental como fizeram Barcellos, Capiberibe e Waldez”, ironizou ontem o vereador Lucas Barreto (PSD), pré-candidato ao Governo do Estado em 2014. Ele se referia às obras da ponte sobre o Rio Matapi.

A ponte é nossa

E por falar em ponte, o governador Camilo Capiberibe (PSB) não perdeu nenhuma oportunidade de deixar claro que a obra foi idealizada no governo dele. “O projeto do governo anterior era de uma ponte de cabos, o que elevaria muito o custo da obra. Temos o recurso, a obra licitada e não vamos fazer nada dando jeitinho”, alfinetou. Promessa é entregar a ponte daqui a exatamente um ano.

Estreia da CMM

O presidente da Câmara de Vereadores de Macapá, Acácio Favacho (PMDB), decidiu trocar a Tv Tucuju (canal 24) pela Record News (canal 8) para transmitir ao vivo as sessões da Casa já a partir desta terça-feira, 3, às 9 horas. Preço mais baixo e sinal mais abrangente teriam influenciado na decisão.

Espanhóis em Serra do Navio

Prefeito de Serra do Navio, José Maria (PT), tem motivos pra acreditar que 2014 será melhor para economia do município. Um grupo de empresas da Espanha negocia a construção de uma hidrelétrica no Rio Amapari. É o mesmo consórcio que articula a construção de uma fábrica de componentes para painéis solares, no Distrito Industrial de Santana. O investimento soma R$ 50 milhões.

Compartilhamentos