Compartilhamentos

Os altos índices de violência no Amapá mobilizaram órgãos estaduais à criação do Programa Pacto pela Paz nas Escolas. O programa foi lançado nesta segunda-feira, 22, no Centro Cultural Franco Amapaense. O objetivo da campanha é capacitar pessoal para fazer frente ao índice de violência nas escolas, evitar ações que geram situações de conflitos e promover a paz no ambiente escolar.

O projeto foi criado pela Secretaria de Estado da Educação (Seed) que percebeu os altos índices de violência no âmbito escolar. O projeto conta com a participação de alunos, professores, familiares, direção, corpo técnico e pessoal de apoio. Para a coordenadora de Educação Básica, Rosinete Rodrigues, o Programa ajuda na construção de um novo ambiente escolar. “A ideia é trabalhar em conjunto na construção da paz e na formação de valores dos alunos enquanto seres humanos em desenvolvimento”, explicou.

18 escolas já aderiram ao programa. Nessa primeira etapa 120 pessoas serão capacitadas para a primeira fase de do programa. O curso de formação encerra na terça-feira, 23. A capacitação ainda conta com Mediação de Conflito, Direitos e Deveres da Criança e do Adolescente, Prevenção ao Uso de Drogas, Bullyng e outras temáticas.

Para o promotor André Araújo, a capacitação é fundamental para uma maior consciência da sociedade. “O curso tem grandes parceiros no combate a violência escolar. A segunda casa das crianças deve ser um ambiente seguro para todos. Por isso o projeto mobiliza toda a escola e a sociedade”, asseverou.

Compartilhamentos