Compartilhamentos

Depois de visitar hospitais no primeiro dia de mandato, o governador do estado, Waldez Góes (PDT), inspecionou delegacias de polícia de Macapá e Santana na manhã desta terça-feira, 13.  A visita confirmou relatos de membros da corporação sobre o sucateamento dos prédios. O governador anunciou a construção de um Ciosp em Santana, e a transferência provisória da 1ª DP para a UPC do Ambrózio.

O governador foi acompanhado por uma equipe da cúpula da polícia

O governador foi acompanhado por uma equipe da cúpula da polícia. Fotos: Cássia Lima

O governador e uma equipe de policiais passaram pela 1ª e 2ª Delegacia de Santana, a Delegacia de Crimes Contra a Mulher (DCCM) e o Ciosp do Congós. Na Delegacia das Mulheres, a equipe encontrou telhado com problemas, lixo e entulho no fundo do terreno, além de computadores e mobília deteriorados.

Segundo o secretário de Justiça e Segurança pública (Sejusp), as delegacias precisam de investimentos urgentes. “Verificamos vários problemas, especialmente infraestrutura precária. Algumas delegacias estão com áreas isoladas. Isso tudo prejudica o servidor e o atendimento à população”, destacou o secretario da pasta, Gastão Calandrine.

Waldez conversou com servidores nas delegacias e encontrou mobília e computadores deteriorados

Waldez conversa com servidores. Atrás, um buraco onde ficava o ar condicionado

A visita culminou no anúncio da construção do Ciosp de Santana, que deverá funcionar no lugar da 1ª DP do município. A DP passará por reformas, e enquanto isso funcionará no mesmo prédio da UPC da Baixada do Ambrózio. “Não há dinheiro para resolver todos os problemas, mas, na medida que a gente abre um diálogo fazemos um governo mais transparente e conjunto. Queremos até fim deste ano trazer a integração entre os órgãos”, frisou o governador do Estado, Waldez Góes.

Essa é a segunda vez que o governador vistoria prédios públicos. No 1ª dia de gestão, ele visitou os hospitais e instalou o Comitê de Gestão Integrada da Secretaria de Saúde. Os próximos prédios a serem visitados serão as escolas.

 6ª Batalhão

Durante a visita, Waldez Góes anunciou que o governo vai construir um prédio próprio para o 6ª Batalhão, que pode ser despejado caso a PM não pague uma dívida quatro meses de aluguel atrasado. O 6º BPM ocupa um prédio na Avenida FAB, no Bairro Santa Rita. “Vamos construir um prédio para o 6ª Batalhão, mas enquanto isso não acontece vamos buscar alternativas de acomodar confortavelmente o batalhão”.

Compartilhamentos