energia mais cara: CEA diz que vai usar reajuste nas obras de interligação

Compartilhamentos

O reajuste na tarifa de energia elétrica de 21,25% no Amapá, que está em vigor desde o dia 4 de fevereiro, vai gerar aumento na arrecadação da Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA). Esse excedente será investido, segundo a presidência da Companhia, nas obras de interligação do Estado ao Sistema Interligado Nacional (SIN). O valor real que será arrecadado com o reajuste não foi informado.

A direção da Companhia também esclareceu sobre o aumento tarifário recém autorizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). O diretor-presidente da CEA, Ângelo do Carmo, enfatiza que a empresa passou mais de 10 anos sem poder reajustar sua tarifa devido a inadimplência com o setor elétrico. Agora, com os débitos quitados, o reajuste tarifário vai equilibrar a receita com os investimentos da concessionária, que são as obras de conexão do Amapá ao SIN, previsto para iniciar até o final de fevereiro.

Nesta primeira etapa, a Companhia está investindo R$ 42 milhões. A conexão refletirá em melhorias na energia elétrica do Amapá, que passará a dispor de energia firme, continua e de qualidade, eliminando sua dependência de usinas térmicas movidas a óleo diesel.

“Temos que construir três novas instalações em Macapá e ampliar os circuitos da rede elétrica. Além disso, é preciso instalar redes e linhas em todo Estado para atendermos toda população, conforme o programa Luz para Todos. O volume de obras de serviço é muito grande e por isso precisamos de mais arrecadação”, justificou o presidente.

Atualmente, além de não ter ligação com o arranjo nacional de abastecimento de energia elétrica, o sistema amapaense ainda é 70% dependente da queima de óleo diesel, processo termoelétrico cuja geração é de alto custo. Os outros 30% que completam o fornecimento são produzidos pela Usina Hidrelétrica Coaracy Nunes. Na última década, essa capacidade foi ultrapassada pela demanda, causa dos apagões nos últimos dois anos.

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.