Compartilhamentos

Desde quarta-feira, 15, é possível fazer ligações sem pagar nada nos orelhões da empresa de telefonia Oi em 15 estados. A determinação é da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Segundo a Agência, a Oi não obedeceu a determinação de garantir o serviço regular em pelo menos 90% das cidades.

Entre os estados beneficiados está o Amapá. Essa é a segunda vez em dois anos que a empresa tem que garantir as ligações gratuitas para ligações locais. De acordo com a Anatel, todas as operadoras que oferecem serviços de telefones públicos devem atender pelo menos 90% das cidades onde o serviço seja a única forma de comunicação.

No boletim oficial publicado no dia 2 de fevereiro deste ano, a Anatel estipulava prazo até o dia 31 de março para que a Oi cumprisse a cobertura. O prazo não foi cumprido, o que resultou na punição. Agora a empresa tem até o dia 1º de outubro para regularizar sua situação, caso contrário a punição se estenderá para ligações à longa distância.

A diretoria nacional da Oi informou que irá atender a determinação. “Estamos cumprindo a determinação da Anatel de conceder a gratuidade em chamadas para telefones fixos, em ligações locais feitas a partir das redes de telefonias públicas nos 15 estados indicados pela agência reguladora. E garantiu que a medida é temporária e permanecerá em vigor até que os patamares de disponibilidade de orelhões nestes estados estejam nos níveis indicados pela Anatel”, afirmou a direção da empresa.

A ordem se aplica aos estados de Alagoas, Amazonas, Amapá, Bahia, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Sergipe. O grande problema será encontrar um telefone que funcione.

 

Compartilhamentos