Compartilhamentos

A presidente Dilma Roussef (PT) sancionou na tarde desta sexta-feira, 8, a Medida Provisória 660, que fixa regras para a transposição de servidores do Amapá e de Roraima para os quadros da União. Mas a notícia não é boa para os policiais. A emenda que os incluía foi vetada pela presidente.

A sanção ainda será publicada no Diário Oficial da União. Com a sanção, bombeiros, auditores fiscais e funcionários da administração indireta, que prestavam serviços aos ex-territórios entre outubro de 1988 e outubro de 1993, poderão ser transferidos com salários e benefícios equivalentes garantidos, desde que já tenham feito a opção e apresentado todos os documentos dentro do prazo.

Com a exclusão dos policiais da MP, a bancada federal do Amapá terá que começar uma nova batalha no Senado e na Câmara. A alternativa será fazer uma nova MP específica para os policiais.

Compartilhamentos