Compartilhamentos

O Batalhão Ambiental apreendeu quatro embarcações com cargas de palmito e madeira sem notas fiscais, na madrugada desta terça-feira, 07, no Canal das Pedrinhas, Zona Sul de Macapá. A polícia apurou que a madeira veio do interior do Pará. Dois homens foram encaminhados ao Ciosp do Pacoval para prestar esclarecimentos.

As apreensões foram feitas depois de denúncias, e a fiscalização começou ainda na madrugada. O alvo eram barcos de pequeno e grande portes ancorados no canal.

A polícia também apreendeu 66 caixas de palmito sem documentação legal

A polícia também apreendeu 66 caixas de palmito sem documentação legal. Fotos: Batalhão Ambiental

“Não temos informações sobre o destino ou certificação desse material que consideramos ilegal. Vamos esperar uma apuração da Polícia Civil, mas já podemos adiantar que essa prática é crime ambiental. Vamos continuar fiscalizando para coibir esse tipo de crime”, garantiu o sargento do Batalhão Ambiental, Rodrigo Monte Verde.

Foram contabilizadas 520 dúzias de tábuas beneficiadas nas quatro embarcações. A polícia ainda encontrou 66 caixas de palmito, todas sem a documentação legal. As embarcações foram levadas para o píer da Marinha, no município de Santana. A madeira e o palmito estão na sede do Batalhão Ambiental a espera de destinação, conforme decisão judicial.

 

Compartilhamentos