Compartilhamentos

Dois deputados do Amapá estão na lista dos 20 parlamentares que mais faltaram a sessões no primeiro semestre deste ano. Janete Capiberibe (PSB) e Vinícius Gurgel (PR) dividem os títulos de mais faltosos junto com deputados como Paulo Maluf (PP-SP).  A lista foi divulgada nesta segunda-feira, 31, pela Revista Exame.

A revista se baseou em dados fornecidos pela própria Câmara dos Deputados. No primeiro semestre os deputados somaram mais de 3 mil faltas em sessões deliberativas, quando os parlamentares votam projetos de lei, emendas constitucionais, resoluções e outras proposituras.

O levantamento da revista também mostra que a maioria das faltas teve justificativa. As que não tiveram resultaram em descontos no salário. A pesquisa mostra quanto foi descontado dos salários.

Dos 513 deputados federais, o campeão de faltas é Wladimir Costa (Solidariedade-PA). No 4º mandato, ele compareceu a apenas 21% das sessões. Ao todo foram 53 faltas, sendo que 47 delas foram justificadasjanete

O salário do deputado federal é de R$ 33,7 mil. E apesar da quantidade de faltas, os deputados conseguiram amenizar o prejuízo dos descontos apresentando atestados médicos, entre outros documentos. É o caso do quarto lugar da lista, o deputado Paulo Maluf, que teve 39 faltas, ou seja, estava presente em 41% das sessões. Mas como conseguiu justificar 37 faltas, ele teve descontado do salário apenas R$ 3,6 mil.

Da bancada do Amapá, que possui 8 parlamentares, dois estão na lista: Janete Capiberibe, em 15º lugar, com 20 faltas, e Vinícius Gurgel, em 18º lugar, com 19 faltas. Gurgel conseguiu justificar 17 faltas, e Janete 19 faltas. Janete teve apenas R$ 1,3 mil de descontos e Gurgel R$ 8 mil.

janete vinicius

Compartilhamentos