Compartilhamentos

Humberto Baía, de Oiapoque –

Dezenas de famílias de “sem-teto” invadiram uma área no município de Oiapoque (distante 590 quilômetros de Oiapoque) destinada ao programa Minha Casa, Minha Vida, do governo federal. A prefeitura deve entrar nesta terça-feira, 22, com um pedido judicial de reintegração de posse.

O terreno tem 5 hectares e já tinha sido invadido três anos atrás. Na época, a prefeitura conseguiu a reintegração de posse na Justiça estadual, mas como a área foi destinada depois para um projeto federal, o caso mudou de jurisdição. O projeto prevê a construção de 52 casas do programa.

No último fim de semana, a área foi novamente invadida. As famílias desmataram e fizeram um grande incêndio na vegetação que produziu fumaça que chegou a outras comunidades próximas do Bairro Florestal.

Nesta segunda-feira, 21, o secretário de Obras do município, Edisom Lopes Maia, foi até o local com a decisão judicial da reintegração de posse proferida há 3 anos, na tentativa de chegar a um acordo com os invasores que ainda não começaram a construir barracos, mas já instalaram piquetes demarcando os lotes que serão ocupados.

A PM foi camada para dar apoio e retirar os posseiros do local que pediram a presença do prefeito Miguel do Posto (PSB).

 

Compartilhamentos