Compartilhamentos

Um grave acidente por volta das 20 horas deste sábado, 19, na altura do KM-68 da BR-210, matou quatro pessoas e deixou outras duas gravemente feridas. Dois carros bateram de frente. A Polícia Rodoviária Federal acredita que o acidente, que ocorreu em um trecho de reta, tenha sido provocado por uma tentativa de ultrapassagem.

Passageiros do Celta foram socorridos e levados para o HE, alguns com ferimentos raves

Passageiros do Celta foram socorridos e levados para o HE, alguns com ferimentos raves

A colisão foi frontal, entre um Celta e um Voyage. A maioria dos passageiros nos dois veículos era de jovens. O Voyage estava lotado e todos os passageiros nele morreram. O choque foi tão forte que os passageiros do banco de trás esmagaram o motorista Renan Soares da Costa, de 25 anos. Ele morreu no local do desastre imprensado contra o painel do carro.

Todos os ocupantes do Voyage morreram. Foto enviada pelo Whatsaap

Todos os ocupantes do Voyage morreram. Fotos cedidas por viajantes

Muitos viajantes que passavam pelo local pararam para ajudar, enquanto outros filmavam a dimensão do acidente. Os vídeos se espalharam rapidamente. Num deles é possível ver latas de cerveja misturadas entre os passageiros desacordados.

Em outra cena aparece do lado de fora do Voyage uma vítima deitada sobre o asfalto com as pernas dentro do veículo. Há uma fratura exposta. É uma moça de cabelos loiros sem vida, identificada depois como Amanda Lima Amoras, de apenas 16 anos.

Renan, Amanda e Marlu Xavier de Lima, de 45 anos, morreram no local. Kátia Souza Machado, de 22 anos, morreu no Hospital de Emergência.

Kátia e os passageiros do Celta, William Roger Costa Alves, de 26 anos, Alex Roger Costa Alves, de 15 anos, e Karen Priscilla, de 22 anos, foram socorridos por ambulâncias do Samu.

Dois passageiros do Celta ficaram presos nas ferragens e precisaram ser retirados por uma equipe do Corpo de Bombeiros.

Não há informações ainda sobre o estado de saúde dos passageiros do Celta, mas pelo menos três deles ficaram com ferimentos graves, segundo relatou um policial Rodoviário Federal.

A PRF não sou informar qual veículo trafegava no sentido para Macapá. 

 

Compartilhamentos