Compartilhamentos

 

DA REDAÇÃO –

O recém fundado Partido da Mulher Brasileira (PMB) já nasce no Amapá como a maior bancada da Assembleia Legislativa do Estado com seis parlamentares. Nesta sexta-feira, 11, serão apresentados os cinco novos filiados do partido. Eles saíram de bases que já estavam pequenas e agora ficaram quase esvaziadas no parlamento, como o PSB e o PSOL, que ficaram com apenas 1 representante cada. O deputado Pedro da Lua, que siau do PSC, será o líder da bancada.

Os novos filiados são: Pedro da Lua, Fabrício Furlan (saiu do Psol), Max da AABB (ex- PSB), Raimunda Beirão (PSDB) e Jaci Amanajás (PROS). Além do Psol e do PSB, o PROS e o PSDB passam a ter apenas um deputado cada na Assembleia. A deputada Luciana Gurgel é a presidente da legenda.

O PMB existe desde 2008, mas só em setembro teve registro deferido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O número da legenda é o 35.

Os novos filiados serão apresentados às 16h durante evento na sede do partido, na Rua Jovino Dinoá com Avenida Coaracy Nunes.

Compartilhamentos