Compartilhamentos

ANDRÉ SILVA

Estudantes tentaram fechar a Rodovia Duca Serra, no fim da tarde desta terça-feira, 23, num protesto contra o aumento da tarifa metropolitana Macapá/Santana. Os manifestantes foram impedidos por equipes dos batalhões de Operações Especiais (Bope) e de Policiamento Rodoviário Estadual (BPRE), mas o protesto seguiu de forma pacífica em uma das margens da rodovia.

Dezenas de estudantes ocuparam a frente da Faculdade Fama, localizada na Lagoa dos Índios, Zona Oeste de Macapá.  Eles estão recolhendo assinaturas para dar entrada em uma ação civil pública contra o Sindicato das Empresas de Transportes Públicos do Amapá (Setap).

Estudantes chegaram a ocupar por poucos instantes uma das faixas da rodovia. Fotos: André Silva

Estudantes chegaram a ocupar por poucos instantes uma das faixas da rodovia. Fotos: André Silva

A tarifa foi reajustada no último dia 12 passando de R$ 2,30 para R$ 3. 

“Nossa reivindicação é que a tarifa seja reduzida. É uma falta de respeito já que nós somos obrigados a andar em ônibus sucateados. Os policiais estão tentando reprimir nossa manifestação, mas ela é legal e justa”, protestou o estudante Henri Sousa, do curso de Fisioterapia.

O trânsito no local ficou mais complicado do que o de costume, mas não houve engarrafamentos, o que era a principal preocupação da Polícia Militar. Havia a informação de que também na Rodovia JK estudantes da Unifap ameaçavam interromper o trânsito, mas a manifestação acabou não ocorrendo. 

A manifestação começou por volta das 18 horas e terminou por volta as 19 horas.

Compartilhamentos