Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

Invasores que ocupam uma área dentro do Loteamento Sol Nascente, na Zona Norte de Macapá, resistiram à tentativa da Guarda Civil de Macapá de retirá-los do local no fim da manhã desta segunda-feira, 25. O município vai pedir apoio da Polícia Militar.

Houve um princípio de tumulto causado por pessoas que chegaram no fim da manhã ao local. Uma equipe da TV Amapá que transmitiu ao vivo da invasão teve que se retirar às pressas porque havia ameaças.

Ocupação ameaça área de ressaca. Fotos: Leonardo Melo

Ocupação ameaça área de ressaca. Fotos: Leonardo Melo

A Secretaria de Urbanização de Macapá corrigiu a informação sobre a propriedade do terreno. Na verdade a área pertence a uma empresa particular, mas como há ocupações também em via pública, a PMM diz que nesta terça-feira, 25, vai demolir os barracos construídos na rua.

“São 15 casas no passeio público. O restante é área privada. A Secretaria de Meio Ambiente vai resguardar a área de preservação ambiental e a empresa dona do terreno terá que ingressar na Justiça”, explicou o diretor de fiscalização da Semdur, Eldo Moraes.

A invasão começou no feriado de Tiradentes, dia 21. Mais de 50 lotes foram demarcados pelos invasores, alguns bem próximo de uma área de ressaca.

Compartilhamentos