Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

Policiais do Batalhão de Rádio Patrulhamento Motorizado (BRPM) do Amapá prenderam seis pessoas acusadas de integrar uma quadrilha especializada em arrombar cofres de bancos. Os suspeitos foram presos em flagrante, na madrugada desta sexta-feira, 17, depois de arrombar o cofre do Banco Santander, no Centro Comercial de Macapá.

Por volta das 5h, uma viatura do BRPM estava patrulhando o local quando viu um carro que já tinha sido identificado como de uma quadrilha que age no arrombamento de cofres. Eles estavam sendo investigados pelo Centro Inteligência e Operações (Ciop) da Sejusp por suspeita de participação em outros arrombamentos.

Santander vem sendo alvo dos criminosos

Santander vem sendo alvo dos criminosos

Material usado pela quadrilha. Fotos: Olho de Boto

Material usado pela quadrilha. Fotos: Olho de Boto

Na abordagem, o carro tentou empreender fuga, e houve perseguição. Mas a frente os policiais viram outro veículo com algumas pessoas entrando apressadamente. Elas carregavam equipamentos como cilindros de gás.

Depois de perseguição com a participação de várias viaturas os dois carros foram interceptados com 6 pessoas a bordo.

“Fomos até onde eles estavam, que era o banco, e quando chegamos lá o cofre estava arrombado. Só não levaram nada porque não havia dinheiro no cofre não tinha dinheiro”, relatou o comandante do BRPM, tenente-coronel Matias.

Bando já teria agido em outros arrombamentos

Bando já teria agido em outros arrombamentos

Drogas encontradas em um dos carros

Drogas encontradas em um dos carros

Com os cinco homens e uma mulher foram aprendidos maçaricos, marretas, dois cilindros de oxigênio, botijão de gás, e chaves americanas. Os criminosos tinham quebrado uma parede para poder acessar o cofre, e conseguir burlar o sistema eletrônico de segurança, o que impediu o alarme de disparar.

“Não havia nenhuma vigilância fora e nem dentro do estabelecimento bancário. Eles tinham algumas informações privilegiadas, mas algo deu errado porque não havia dinheiro. Essa quadrilha já havia assaltado os caixas eletrônicos do Santander da Seed e da Caesa, além de um cofre numa empresa da Skol. Já vinham atuando há muito tempo”, acrescentou o comandante.

Quadrilha quebrou uma parede...

Quadrilha quebrou uma parede…

....para ter acesso ao cofre, mas não havia dinheiro

….para ter acesso ao cofre, mas não havia dinheiro

Dentro do carro dos acusados os policiais encontraram drogas. As equipes foram até uma residência no Bairro do Buritizal, na Zona Sul, onde um menor foi apreendido com mais drogas que pertenceriam ao grupo.

Entre os presos está o que seria o líder do bando, segundo a PM.  Natanael dos Anjos Maciel, de 30 anos, veio de Manaus (AM) onde trabalhava como soldador. Todos foram encaminhados para o Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen) onde aguardarão audiência de custódia.

Natanael seria o líder. Ele veio de Manaus onde aprendeu a ser soldador

Natanael seria o líder. Ele veio de Manaus onde aprendeu a ser soldador

Compartilhamentos